sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Sexta-feira, 13


Não acredito em bruxas.

Sei que hoje será um ótimo dia, pois mais logo estarei tocando um pouco com minha turminha aqui em casa.

Hoje estou inspirado, porque ouvi e gravei jazz a tarde inteira; pra quem não conhece, dou a dica: www.accuradio.com

Você pode escolher o tipo de música que quer ouvir, é só clicar no seu estilo preferido. Aproveitem!

Esse da foto é o pianista Denny Zeitlin, que o leitor Edú, comentando num dos meus posts abaixo, disse se parecer comigo; já o John Lester, do JAZZSEEN (link aí ao lado) acha que a minha semelhança é com o Paulo Coelho. O que vocês acham? Eu não gostei muito das comparações...

*****

14 comentários:

edú disse...

Prezado seu Olney,

hj conversei por horas com nosso considerado JL - q esta por São Paulo nesses dias apreciando Roy Hargove e Roberta Gambarini devidamente acompanhado da patroa.Infelizmente não tinhamos conhecimento dessa diferença opinativa.No próximo encontro, prometo, chegaremos a uma opinião consensual sobre sua semelhança.Nesse intervalo, permita-me defini-lo - então - sem semelhança alguma - como o nosso nobre Grady Tate da Zona da Mata.

Vitor disse...

Ótima dica de rádio Olney!!! Espero outras! Abraços!!!

leonardo pontes correa disse...

Hey Edu. Ponha os óculos. Que maldade !!

figbatera disse...

Valeu, gente.
Não se preocupem com esse negócio de semelhanças físicas; quase todo mundo tem um sósia - melhorado ou piorado, né? rs

Caro edu, agora vc foi fundo; não mereço tanto...
Diga ao Lester que lhe desejo um ótimo proveito por aí.

Abração pra todos.

figbatera disse...

Ah! E como já lhe pedi antes, vamos parar com esse negócio de "seu" olney, tá, "seu" edú? kkkkk

edú disse...

Seu Olney, vi Grady Tate no Blue Note em junho de 2007.O cara é mil vezes melhor cantando ao vivo q nos cds.Hoje, abandona constantemente a bateria para cantar ao microfone no centro do palco.Inclusive mantém baterista adicional no grupo para essas ocasiões.Certamente na fase gloriosa q o senhor esta vivendo "assoviar e chupar cana” não representa maiores dificuldades.Bom final de semana.

Salsa disse...

Quem pode, pode. A gente, cá, fica imaginando a noitada sonora.
Abraços, meu velho.

figbatera disse...

É isso, edú, realmente gosto de cantar um pouco de vez em quando; mesmo pq não há outro cantor na turma. Então eu "quebro o galho".

E Salsa, a noitada foi mesmo muito boa.
Eu sei que vc tb gosta e sabe cantar, mas como vc toca saxofone, tem que alternar entre voz e sopro...
não pode fazê-lo simultaneamente como nós bateristas, né?
Abração amigos!

edú disse...

Tem aquele fenômeno do Clauton “Neguinho” Sales , baterista do SambaJazz Trio, q toca bateria e trompete, juntos, em alguns momentos.E o sujeito faz isso bem.

figbatera disse...

Claro, edú, o Neguinho é mesmo ótimo e consegue tocar bem o trompete junto com a bateria; ele é meu "chapa" e já me chamou pra várias "canjas" lá no Rio. Ai, então, é que ele arrasa mesmo no trompete.
Já o Salsa, tocando sax, fica "todo" ocupado e só pode fazer uma coisa de cada vez, né? Mas sei ele o faz muito bem...

John Lester disse...

Prezados, apareci apenas para mandar um abraço.

figbatera disse...

Bem-vindo de volta, Lester; conte lá no Jazzseen todas as suas peripécias lá em Sampa.

Heloise disse...

Que maldade! Não parece nadinha!
Bons sons.
Bjs.

edú disse...

Seu Olney,
Louie Bellson morreu dia 14 de fevereiro na Califórnia.A noticia chegou aqui pelo André Tandeta no dia 17.Como o senhor é do oficio gostaria de ler suas palavras sobre ele e a importância da técnica dos dois pedais q ele desenvolveu.Abraço